Quando o processo colaborativo transborda na estética cinematográfica.pdf

Quando o processo colaborativo transborda na estética cinematográfica

Thaís de Almeida Prado Gava Torácio

O presente texto visa a contribuir com os estudos no campo da reflexa~o estética e principalmente da gênese da criac¿a~o no fazer cinematogra¿fico, destacando possíveis dinâmicas colaborativas na produc¿a~o de cinema do Brasil, atrave¿s da analise de dois filmes (Ex-Isto e Desassossego) e do relato de dois processos criativos (Com Meus Olhos de Ca~o e Nowhere), com o intuito de identificar estratégias, viabilizar, ampliar e sistematizar o conceito de criac¿a~o em colaborac¿a~o, atentando para o papel do ator, do montador e dos pro¿prios diretores como co-autores na produc¿a~o contemporânea do cinema.

E, como o avesso dessa mudança, revelou-se ainda mais a alegria de se desenhar um trajeto, traçar um percurso de leitura, apresentar o passo-a-passo, inventoriar o ambiente, desvendar as peças do interior da máquina. Quando o caminho fica turvo, clareá-lo é um prazer.

3.46 MB DATEIGRÖSSE
9783639848755 ISBN
Kostenlos PREIS
Quando o processo colaborativo transborda na estética cinematográfica.pdf

Technik

PC und Mac

Lesen Sie das eBook direkt nach dem Herunterladen über "Jetzt lesen" im Browser, oder mit der kostenlosen Lesesoftware Adobe Digital Editions.

iOS & Android

Für Tablets und Smartphones: Unsere Gratis tolino Lese-App

Andere eBook Reader

Laden Sie das eBook direkt auf dem Reader im Hugendubel.de-Shop herunter oder übertragen Sie es mit der kostenlosen Software Sony READER FOR PC/Mac oder Adobe Digital Editions.

Reader

Öffnen Sie das eBook nach der automatischen Synchronisation auf dem Reader oder übertragen Sie es manuell auf Ihr tolino Gerät mit der kostenlosen Software Adobe Digital Editions.

Aktuelle Bewertungen

avatar
Sofya Voigtuh

O Itaú cultural convidou Cao para realizar um filme sobre Paulo Leminsky, o que o levou a adaptar de uma forma muito peculiar o primeiro livro e único romance do poeta, o Catatau. Na obra em questão, Leminski imagina (o filósofo) René Descartes vindo aos trópicos, na época da invasão holandesa do Maurício de Nassau. Thaís De Almeida Prado | Facebook

avatar
Mattio Müllers

críticas | Horizonte da Cena | Page 39 Essa relação desmedida, se intensificada, pode ter seus sentidos incorporados à criação, reiterando o peso dos outros sobre o eu. Na cena, o que se vê é uma interação rica em detalhes e rigorosa nos tempos, mas na qual a afetação entre as partes é enfraquecida. A certa altura, no meio da cena, o vídeo toma o protagonismo e a

avatar
Noels Schulzen

FÁBULAS NA COMUNIDADE SURDA: … processo de textualização na literatura tradicional , mas na literatura em ASL em vídeo o processo difere em um aspecto: o contador de histórias permanece. Um modo de comunicação que utiliza as mãos, braços , corpo e rosto deve ter uma pessoa visível para comunicar. Portanto em videotape o contador de histórias ASL _ embora nem

avatar
Jason Leghmann

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA DE COMUNICAÇÕES E …

avatar
Jessica Kolhmann

Dança não é (só) coreografia – Instituto Festival … Na edição de 2016 o tema “Dança não é (só) coreografia” despertou para a importância de aprimorar continuamente o processo criativo e surpreender o público com espetáculos de qualidade, envolvendo todos os elementos de uma grande obra.